Untitled Document
   

BLOG

Feeds RSS

Facebook

Tweeter Canal SINAERJ Youtube

Google+   Versão SINAERJ Mobile Tradutor Online English Version
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
 
 
 
 
 
 
SINDICALIZE-SE!
Juntos somos mais fortes!
- ADMINISTRADOR
- ESTUDANTE
Clique acima e preencha sua ficha.
 
JORNAL IMPRESSO
Ano 10 - nº 42<BR> Set e Out de 2016
Ano 10 - nº 42
Set e Out de 2016
Edições anteriores
JORNAL VIRTUAL
Ano 2 - nº 5<BR> Out e Nov de 2017
Ano 2 - nº 5
Out e Nov de 2017
Edições anteriores
 
INFORMATIVO
Ano III - nº 220
Outubro 2017
Edições anteriores
REVISTA
Ano IV - Edição 2<br>Virtual 2017
Ano IV - Edição 2
Virtual 2017
Edições anteriores
 
 
          SELO ANUAL
52 anos<br />9 de setembro de 2017
52 anos
9 de setembro de 2017
Edições anteriores
SINAERJ - 39 ANOS
SINAERJ - 37 Anos
          SELO ANUAL
47 anos
9 de setembro de 2012
SELO ANUAL
52 anos<br />9 de setembro de 2017
52 anos
9 de setembro de 2017
Edições anteriores
SELO ANUAL
47 anos
9 de setembro de 2012
 
SINAERJ - 37 ANOS
SINAERJ - 37 Anos
 
Faça seu recadastramento online!
Mantenha sempre seus dados atualizados para que possamos enviar nossos informativos.
 
 Informativos Eletrônicos SINAERJ
Cadastre-se gratuitamente para receber nossos informativos eletrônicos e mantermos atualizado.
 
 
 
 
 
 

  Encaminhar      Impressão      RSS   

Parecer negativo do Deputado Júlio Cesar arquiva piso salarial do Administrador



Após parecer negativo do deputados e relator Júlio César (PSD-PI) a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara aprovou com unanimidade a justificativa do parlamentar pela rejeição do projeto de lei do ex-deputado Sandro Mabel, apensado ao PL 8.247/2014, que fixava o piso salarial do Administrador em R$ 5.500,00.

Sob o discurso infundado de falta de medida compensatória de impacto orçamentário, o parlamentar que é advogado e produtor rural, apunhalou a categoria Administradora com um parecer conclusivo que arquiva o projeto e impede que os Administradores conquistem um piso salarial adequado às suas atribuições, promovendo assim desserviço aos interesses da categoria.

O projeto original de autoria do deputado Sandro Mabel, tramitava na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados desde 2010 e previa piso salarial do Administrador em R$ 1.484,58.  Apensado ao PL 8.247, de 2014, o substitutivo da deputada Flávia Moraes sugeria o valor do salário de R$4.500,00, enquanto a proposta do deputado Bebeto, estabelecia piso de R$ 5.500,00 aos Administradores.

Para a Diretoria do Sinaerj a alegação do relator é uma justificativa infundada, criada somente para impedir que os Administradores conquistem um piso nacional adequado. Contudo, apensar de infame decisão, o Sindicato manterá a luta por melhores salários e condições dignas aos profissionais de Administração.

Assim como o Sinaerj conseguiu em 2010, através de ação incisiva e firme sobre os parlamentares fluminenses, de assegurar a conquista histórica de um salário mínimo base, que hoje é de R$ 2.899,79, aos Administradores no Estado do Rio de Janeiro, o Sindicato manterá sua luta em prol de um piso nacional. “Podemos ter perdido a batalha, mas não a guerra. O Sindicato mantém seu compromisso de lutar por piso nacional digno para a categoria”, afirma Dirce Beltrão, Presidente do Sinaerj.


Fonte: SINAERJ
Data: 04/12/2017


 
 
 
Untitled Document
ENDEREÇO
Av. 13 de Maio, 13 - 8º andar
Centro, Rio de Janeiro / RJ
CEP: 20031-901

Tels.: 21 2262-3090 / 2532-2387
2533-9847 / 2262-3760

Copyright © 2012-2015.
SINAERJ - Sindicato dos Administradores no Estado do Rio de Janeiro.
Todos os direitos reservados.
   HOME   |   RECOMENDE-NOS   |   CONTATO     
 
Assessoria de Comunicação   Projeto & Desenvolvimento
AZIMUTT Business Intelligence Model