Reforma da Previdência: modelo de cálculo empurra benefícios para baixo

A proposta da reforma da Previdência, PEC 06/2019, prega mais uma peça nos trabalhadores. Além do aumento na idade mínima e o tempo de contribuição, ela traz embutida uma nova fórmula de calcular a aposentadoria, fazendo com que o valor do benefício seja muito menor do que o atual.

A artimanha do nefasto governo Bolsonaro imposta na PEC, utilizará no cálculo do modelo, a média de todos os salários desde julho de 1994, considerando os recebimentos mais baixos, do início de carreira do trabalhador. Resultado: com a nova proposta o novo benefício a ser recebido será bem inferior ao que o aposentado receberia com a manutenção do modelo atual.

Atualmente, o sistema que estabelece as aposentadorias descarta os salários mais baixos considerando apenas 80% da média salarial, e assim, o valor do benefício fica mais alto refletindo na elevação do valor da aposentadoria.

“Quando pensamos que não tem como piorar, o governo impõe novas regras inferiorizando ainda mais a Previdência Social. Precisamos fazer com que a sociedade acorde e batalhe para impedirmos essa reforma previdenciária. Estão retirando todos os nossos direitos, isto é inadmissível”, reforça Edson Machado, Presidente do Sinaerj.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s